O que são Lonas de PVC?

toldos em lona

1. O que são lonas sintéticas? 
São substratos produzidos ou obtidos a partir de matérias primas não naturais, como por exemplo, o PVC (policloreto de vinila), o polietileno, o polipropileno, etc. Geralmente são produtos cuja origem ou síntese das matérias primas é petroquímica.


2. Como as lonas se compõem? 
As lonas de PVC apresentam-se geralmente com laminado(s) em sua(s) superfície(s) e uma tela de reforço no verso ou no meio. Outros termoplásticos geralmente apresentam-se somente laminados, sem o tecido que caracteriza o reforço.
Autoria:  SCmídia


3. O que são telas de reforço? E suas funções? 
Telas de reforço são geralmente fios de poliéster (mais comum), poliamida ou outros materiais, que entrelaçados (urdume e trama) formam tecidos de alta resistência ao rasgo. As suas funções, quando acoplados aos laminados termoplásticos (PVC por exemplo), são conferir resistências mecânicas e físicas contra agentes naturais (vento por exemplo), permitir o tensionamento, garantir a durabilidade da lona, entre outras.


4. Quais os tipos possíveis de telas? 
As telas podem ter diversas medidas, como, por exemplo, número de fios por centímetro quadrado, espessura (medida em dtex) dos fios, etc. Também podem ser feitas com materiais diversos, como poliéster, poliamida, não - tecido, etc.


5. Como são produzidas as lonas de PVC? 
As lonas de PVC são produzidas a partir de uma receita balanceada de resina + plastificantes + cargas e aditivos. Esta mistura é fundida em um equipamento térmico e obtemos o laminado. Um ou dois laminados normalmente são acoplados à tela de reforço, restando apenas o controle de qualidade e as características finais para serem acertadas.


6. Por que se utiliza PVC? 
Porque o PVC (policloreto de vinila) é uma resina bastante versátil e de ótima relação custo/benefício. Pelo fato do PVC trabalhar com receitas variáveis, podemos alterar como queremos as suas características. Uma lona de PVC pode ser translúcida ou opaca, grossa ou fina, mais, ou menos flexível, mais durável ou mais econômica, podem ser tencionadas, são fáceis de limpar, etc.


7. Há diferenças técnicas entre lonas opacas e translúcidas? 
Não necessariamente. O fato de utilizarmos uma receita e pigmentos translúcidos ou opacos não devem alterar as características técnicas do material, desde que bem balanceados os componentes e observadas as condições do processo de transformação.


8. Quais são as diferenças encontradas quanto aos materiais quando utilizamos soldas diferentes? 
A versatilidade na solda (ar quente, alta freqüência) visa adaptar as condições do processo de produção às condições do produto final. Desde que bem executadas, evitando o esmagamento ou a falta de fusão (aderência entre as lonas a serem soldadas), a solda não altera as características técnicas das lonas.


9. Quais os processos mais comuns de impressão de lonas? 
O mercado atual é muito desenvolvido e avançado no tocante a máquinas impressoras para lonas em geral. As impressões digitais e serigrafia UV são as mais utilizadas hoje em dia.


10. Podemos utilizar a mesma lona para impressão de tintas e vinil adesivado? 
Em geral, sim. Na confecção de banners, luminosos, coberturas, faixas, etc. as lonas têm sido aproveitadas de forma comum, tanto para impressão como para vinil adesivado. Um ou outro caso que porventura apresenta um decréscimo na qualidade final deve ser estudado, pois algumas lonas apresentam "tendências" para se comportarem melhor em um ou outro sistema, independente do fabricante.


11. As lonas podem receber tratamentos superficiais? Quais? 
Sim. É comum encontrarmos lonas com lacas (vernizes) especiais em outro tipo de acabamento superficial que visa um melhor comportamento num determinado sistema especificamente, como por exemplo, a aderência de tintas especiais ou à base de água.


12. As lonas para os diversos segmentos são diferentes? Podemos usar as mesmas? 
Há algumas diferenças em linhas específicas. Para toldos e coberturas, temos as lonas estampadas, para caminhões temos uma lona mais reforçada e mais pesada. No entanto, as lonas monocoloridas (translúcidas ou não) podem ser utilizadas tanto para luminosos em comunicação visual como para toldos. Para cada caso é interessante que se verifique as melhores relações técnicas e econômicas das lonas.


13. Por que as lonas ressecam? 
Com o passar do tempo o PVC sofre a ação dos raios ultravioleta do sol, além das chuvas ácidas e carregadas de outras substâncias da atmosfera. Estes fenômenos contribuem muito com o envelhecimento do material, além de acelerarem o processo de exudação (sair de dentro para fora) dos plastificantes contidos nas lonas. Com isso, há a ocorrência do que chamamos "ressecamento". O tempo médio de vida útil de uma lona comum é de aproximadamente dois anos, que pode ser maior se cuidados de limpeza e conservação forem observados.


14. Como se determina o tempo de vida útil de uma lona? 
Geralmente, além da observação prática no nosso dia a dia, podemos simular a ação do sol, das intempéries (condições climáticas do meio ambiente) e de outros fatores através de testes laboratoriais. Câmaras de aceleração destas variáveis nos permitem calcular o tempo médio em que uma lona suportará nas condições do ambiente natural.


15. Quais os cuidados para limpeza e conservação das lonas de PVC? 
Os cuidados são bem simples, bastando lavagens periódicas com água abundante, sabão ou detergente neutro e escova de cerdas macias. 
Não devemos nunca utilizar solventes fortes como acetona, thinners, acetatos, etc. e nem componentes fortemente ácidos ou alcalinos. 
Se usarmos jato de água, devemos uma distância mínima de trinta centímetros (perpendicular à lona), temperatura inferior a 80°C e pressão menor que 1500 psi. Em casos de manchas persistentes, podemos usar flanela enbebida em querosene, solução 1:30 de água: cloro e sempre enxaguar com muita água. Antes da adesivação da lona ou do trabalho de impressão, recomenda-se limpeza com álcool isopropílico (desengordurante) e papel toalha. Assim seu trabalho ficará bem bonito e duradouro.


16. O que diferencia lonas para uso interno e para uso externo? 
A formulação do composto de PVC utilizada para a fabricação do laminado, além das características técnicas da tela de reforço é que determina a aplicação interna ou externa da lona. 
Aditivos com absorvedores de UV, lacas de proteção e gramatura também ajudam.


17. Qualquer lona pode ser usada em qualquer tipo de máquina impressora? 
Algumas lonas comportam-se melhores que outras em determinados equipamentos de impressão. Na realidade, para obtermos um trabalho final com qualidade, devemos observar muito bem a dualidade lona/equipamento, que exige do fabricante de lonas (médias) alguns aspectos técnicos particulares e do usuário da máquina um conhecimento bastante apurado da qualidade da mesma. Recomenda-se em casos específicos, um trabalho técnico conjunto entre as partes.


18. Por que as lonas desbotam? 
As lonas desbotam quando o(s) pigmento(s) utilizado(s) na fabricação do laminado termoplástico (PVC) não apresenta resistência à luz adequada. Este fenômeno pode ser agravado quando a lona está exposta em ambientes mais agressivos (faixa litorânea, zonas de alta concentração de UV na luz solar, ambientes poluídos e industriais, etc.). As tintas utilizadas na produção de lonas estampadas também devem ser analisadas quanto à suas resistências físicas e químicas, evitando-se assim o desbotamento das estampas, inutilizando também a lona.


19. Por que em temperatura mais baixa o PVC fica mais rígido, "seco"? 
O PVC, como qualquer substância orgânica, sofre também alterações em sua estrutura em função da temperatura. É comum lona de PVC em regiões fria, tornarem-se pouco menos flexíveis, até pela diminuição da atividade cinética (movimento livre) do plastificante contido na formulação. Para casos especiais, convém balancear melhor a formulação do composto de PVC, principalmente em relação ao plastificante.


20. Quais critérios um profissional deve utilizar no instante de escolher uma lona no mercado?
R: Há uma relação muito estreita entre a lona a ser adquirida e o que se quer realizar com ela. Como fabricantes de produtos e/ou fornecedores de serviços, o usuário de lonas deve estar seguro de obter uma lona cuja origem é de uma empresa com tecnologia, que trabalha visando o mercado e a plena satisfação do cliente. Além disso, existem muitos tipos de lonas que podem melhorar (e muito!) a relação custo/benefício dos trabalhos a serem realizados. Geralmente, o ideal é utilizar o fornecedor como parceiro, obtendo dele não só a matéria prima necessária (no caso, as lonas), como também a prestação de auxílio técnico para a realização dos projetos a serem desenvolvidos.

Fonte: Wikipédia

 

Nossa Empresa

A Poli Coberturas é uma empresa especializada em Toldos no DF. Conheça alguns Tipos: toldos articulados, toldos automáticos, sombrites, tendas, coberturas em policarbonato, cortinas retráteis, aerotetos, túneis para garagens, fachadas, trocas de lonas e manutenções em geral. Com um leque de serviços que vão desde a elaboração do projeto até a instalação dos Toldos, passando pela manutenção: pintura e vulcanização da lona. Com equipamentos de ponta e profissionais altamente treinados e preparados na Poli Coberturas você vai encontrar tudo o que precisa para desenvolver seu projeto. Preço, prazo e qualidade são as características da marca.

CLIENTES

Copy rigth 2012-2013 todos os direitos reservados a policberturas - Empresa do ramo de fabricação e instalação de toldos e coberturas em brasília df.

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/policobe/public_html/duvidas-sobre-coberturas.php on line 146